Assuntos que caem no Enem 2017

Atualizado em: agosto 31, 2016

by Enem 2017 on 31/08/2016

Quais assuntos que caem no Enem 2017? Os estudantes que vão participar das provas no próximo ano precisam ficar por dentro de todas as matérias do Enem 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio. O conteúdo é muito abrangente e, por isso, requer uma preparação longa e detalhada de quem deseja alcançar bons resultados. Ao todo, são 180 questões de múltipla escolha e uma redação de caráter dissertativo-argumentativo, com aplicações no sábado e domingo.

As provas do Enem 2017, assim como vem acontecendo desde 2009, serão divididas em quatro áreas de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias. Cada uma das áreas conta com 45 questões objetivas, com cinco alternativas cada (A – E).

Quais as matérias do Enem 2017?

Em termos gerais, as matérias do Enem 2017 serão todas aquelas estudadas ao longo dos três anos do ensino médio, divididas entre as áreas de conhecimento da seguinte maneira:

Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia;

Ciências Humanas e suas Tecnologias: Geografia, História, Filosofia, Sociologia e conhecimentos gerais;

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa (Gramática e Interpretação de Texto), Língua Estrangeira Moderna, Literatura, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação;

Matemática e suas Tecnologias: Matemática do ensino médio.

Assuntos que caem no Enem 2017

No primeiro dia de aplicação do Exame (sábado) serão abordadas as 90 questões das duas primeiras áreas de conhecimento, em um tempo máximo de 04h30min. No segundo dia (domingo), serão aplicadas as provas das outras duas áreas de conhecimento, além da redação do Enem 2017. Por isso, o tempo sofrerá um acréscimo de uma hora, contabilizando um total máximo de 05h30min.

Cada matéria terá questões com diferentes níveis de dificuldade: baixo, médio e alto. A correção das provas do Enem 2017 levará em conta tais níveis, além do número de acertos. Quem chutar muitas questões, acertando mais perguntas difíceis do que fáceis, por exemplo, será mais penalizado do que aqueles que apresentarem uma resolução mais consistente, com uma maior quantidade de acertos nas fáceis do que nas difíceis.

Matriz de referência Enem 2017: Quais assuntos serão cobrados nas provas?

O Exame Nacional do Ensino Médio é organizado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), uma autarquia ligada ao Ministério da Educação (MEC). O Inep, por sua vez, possui um documento conhecido como matriz de referência do Enem 2017, acessível neste link, que descreve os eixos cognitivos das áreas de conhecimento e as competências abordadas em cada uma delas.

Em Linguagens, por exemplo, as competências exigem a aplicação das tecnologias da comunicação e da informática, conhecimento e uso de línguas estrangeiras modernas (inglês e espanhol), compreensão e utilização da linguagem corporal e da arte, análise e interpretação de recursos expressivos das linguagens, compreensão e utilização dos sistemas simbólicos, confronto de opiniões, língua portuguesa como língua materna e impacto das tecnologias da comunicação e da informação na vida pessoal e social.

Na área de Matemática do Enem 2017, serão cobrados números naturais, inteiros, racionais, reais, conhecimento geométrico, grandezas, medidas, variáveis socioeconômicas e técnico-científicas, interpretação de gráficos e tabelas, além de amostras de cálculos e probabilidade.

As áreas de Ciências da Natureza e Ciências Humanas abordam, em geral, conhecimentos sobre as respectivas ciências, variando de química e biologia até história e geografia. Os detalhes de cada uma das áreas são abordados por completo na matriz de referência.

Tema da redação do Enem 2017: como é feita a escolha?

O tema da redação do Enem 2017 será mantido em sigilo total até o momento de aplicação das provas do domingo. Geralmente, a organização escolhe um assunto do cotidiano recente. Desta maneira, é essencial acompanhar os noticiários através da televisão, jornais, rádios, revistas e internet.

Na redação dissertativa, o estudante precisa demonstrar conhecimento sobre o assunto em questão, apontando as causas e consequências dos eventuais problemas abordados. Além disso, é necessário propor soluções e alternativas para a correção do assunto. Por tudo isso, sai na frente dos concorrentes aquele estudante que, além de ficar antenado às notícias cotidianas, pratica o desenvolvimento de dissertações com os assuntos mais relevantes.

Apostila Enem 2017: melhor material de estudos para as provas

Para se preparar da melhor maneira e mandar bem nas provas, é indispensável a escolha de um bom material de estudos. Sabendo disso, desenvolvemos a apostila do Enem 2017, com tudo o que você precisa, abordado de uma forma bem simples e direta todos os assuntos do Exame. Milhares de estudantes de todo o país foram aprovados em processos seletivos de cursos superiores graças ao apoio da apostila. Não perca tempo e adquira logo a sua!

Acompanhe a página do Enem 2017 no facebook e fique por dentro de todas as novidades que compartilhamos!

Comentários

Comentários

Notícia anterior:

Próxima notícia: